Federação Columbófila Brasileira

Vacinas


Calendário de Vacinações sugerido pela FCB

1-1)Considerando a nova realidade da columbofilia brasileira, diante do seu crescimento nos obriga a criar estratégias preventivas contra alguns possíveis problemas que dizima quantidade de pombais.

1-2)Considerando ser a Doença de New Castle uma enfermidade,  causada por um vírus resistente em meio externo e de fácil disseminação.

1-3)Considerando que a disseminação desta doença (New Castle)  se dá principalmente na temporada de soltas, onde são reunidos em caminhões transporte, pombos de diversos criatórios, e que pombos extraviados são acolhidos em pombais alheios.

1-4)Considerando que temos no mercado e a baixo custo, a Vacina para New Castle,” La Sota”, que tem se mostrado eficaz em todos os pombais que a aplicaram seguindo corretamente as recomendações do fabricante.

1-5)Considerando que esta vacina (New Castle) pode apresentar falhas por aplicação inadequada e que para diminuí-las, vacinações repetidas são necessárias.

1-6)Considerando que a vacina (New Castle) que é preventiva, e deve ser aplicada em pombos sadios, tem sido frequentemente confundida com tratamento e aplicada quando a doença está em período de incubação ou já instalada, o que pode agravar os sintomas; sendo motivo de resistência de muitos columbófilos à vacinação.

2-1)Considerando que a Bouba ou Varíola Aviária, provocada por um Poxvírus é endêmica em nosso país e que anualmente é disseminada pelo contato entre os pombos nos caminhões transporte, causando perdas inexplicáveis de pombos ,  mortes desnecessárias, chegando a invalidar todo um pombal para a competição quando se manifesta.

2-2)Considerando que temos no mercado e a baixo custo a Vacina contra Bouba Aviária Vírus Pombo, que tem se mostrado eficaz.

3-1)Considerando que a Salmonelose (Mal de Asa) é provocada pela Salmonela Typhimurium, uma bactéria disseminada por fezes, urina e secreções de pombos portadores sãos, além de ratos e outras aves, com surtos em períodos nos quais os pombos estão mais vulneráveis, principalmente na “Grande Muda”.

Resolve:

1-7)Recomendar a vacinação contra Doença de Newcastle, com vacina “La Sota” de todos os filhotes com três semanas de vida, com revacinação aos 40 e aos 60 dias de vida.

1-8)Recomendar a vacinação (e, ou) revacinação contra Doença de NewCastle de todas as colônias em 3 aplicações no período pré temporada, sendo a 1ª no final de março; a 2ª no final de abril e a 3ª no final de maio, com revacinação de toda a colônia a cada 3 meses.

2-3)Recomendar a vacinação de todas as colônias contra a Bouba Aviária com vacina Virus Pombo, anualmente no período pré temporada ou seja final de abril, ou princípio de maio.

3-2)Recomendar o tratamento de todas as colônias com o antibiótico Enrofloxacina a 10%, logo após o término da temporada de soltas, com o  objetivo de tentar diminuir a manifestação desta doença bacteriana.

FEDERAÇÃO COLUMBÓFILA BRASILEIRA
CALENDÁRIO SANITÁRIO
PERIODO DE VACINAÇÃO
VACINAS JAN. FEV. MAR. ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SET. OUT. NOV. DEZ.
NEW CASTLE ( LA SOTA) X X X X X X
BOUBA AVIÁRIA X
SALMONELA TYPHIMURIUM X X
RECOMENDAMOS UM TRATAMENTO PREVENTIVO CONTRA SALMONELOSE ANTES DE INICIARMOS A REPRODUÇÃO

 

Você pode gostar também...