Página Inicial     
|      Fale Conosco      |      Adiconar aos Favoritos 

Ribeirão Preto/SP - Brasil - Fundada em 27 de Outubro de 1979

  Página Inicial

 Consulta Sócios

  pombo As 2016

  pombo As 2015

  Pombo AS 2014

  Regulamento para Columbódromos

  Resultados de Corridas

  Pombo Ás 2009

  Pombo Ás 2010

  REGULAMENTO POMBO AS

  Pombo As 2013

  Pombo Ás Nacional 2008

  Tempo

  Como ser Columbófilo

  Estatuto

  Curiosidades

  Concurso Logotipo FCB

  Projetos

  Newsletter

  Regulamento Nacional de Concursos

  Fotos

  Fale Conosco

  Columbófilos Virtuais

  Regulamento Pombo Ás Nacional 2009

  Assembéia FCB

  XXXI - Olimpíada Columbófila

  Columbódromos Nacionais(Histórico)

  Pombo ÁS 2011

  Artigos

  Links

  Vídeos

NOTÍCIAS
Ata da Assembleia de Anápolis
Ata da Assembleia de Anápolis
Ata da Assembléia Geral da Federação Columbófila Brasileira Aos dezenove de abril de abril de 2008, na cidade de Anápolis, Goiás, por ocasião da XXIª Exposição Nacional de Pombos Correio, e Xº Columbódromo Oficial, realizou-se, a Assembléia Geral Anual da Federação Columbófila Brasileira, doravante denominada FCB, à qual compareceram, em atendimento a convocação oficial via ofício F.C.B., CE nº 05/2008, os representantes das federações legalmente constituídas e dos clubes e sociedades das localidades onde ainda não existem federações, por meio de seus delegados oficiais designados cujas assinaturas constam da Ata de Comparecimento lavrada às fls. 78 e 78 verso do presente livro. Democraticamente, participaram também, como ouvintes, diversos columbófilos, além de diretores de clubes e federações estaduais. Sob a presidência do Dr. Márcio Mattos Borges de Oliveira, Presidente da F.C.B., foi aberta a sessão e iniciados os trabalhos pelo Sr. Secretário Walter Achilles Rezende com a composição da mesa diretora da qual também participaram o Sr. Felix Buonafini, Diretor Especial da FCB, Sr. Jurandir Dias Barroso, presidente da Sociedade Columbófila Independente de Anápolis e Dr. Ruy Marcus Rangel Barbosa, representante do Estado do Rio de Janeiro como convidado especial e Secretário ad-hoc. Preliminarmente foi lida pelo Secretário ad-hoc, Dr. Ruy Marcus Rangel Barbosa, a ata da Assembléia Geral de 14 de outubro de 2007, realizada na cidade de Governador Valadares - MG – por ocasião da XXª Exposição Nacional de Pombos-Correios e IX Columbódromo Oficial, conforme convocação oficial por meio de ofício F.C.B. nº 05/2007; e sem manifestações, foi aprovada. Em seguida, atendendo a pauta de convocação, o Dr. Márcio Mattos Borges de Oliveira, expressou-se sobre os assuntos abaixo: SITE DA FEDERAÇÃO Usando um projetor de imagens, foi demonstrado como utilizar todos os recursos existentes do site da FCB, informando o quanto pode ser usado para melhor divulgação do nosso esporte, inclusive com identificação completa de todos os criadores cadastrados e com a possibilidade de emissão de carteira columbófila individualizada. PRESTAÇÃO DE CONTAS Foi demonstrado, também usando um projetor, uma análise financeira referente às despesas e receitas, ano após ano, desde 2005 quando houve a posse da presente diretoria. Foi sugerido pelo Sr. Francisco Sérgio de Argolo, que as próximas prestações de contas fossem apresentadas com o parecer do Conselho Fiscal, bem como, também houve a sugestão no sentido de que houvesse a divulgação no site da FCB do balanço financeiro à ser aprovado. Foi questionado pelo Dr. Jorge Gomes, no item relativo a despesas de incentivo aos columbódromos, solicitando a razão da compra de entradas eletrônicas da marca Bricon, sendo esclarecido que a compra deu-se pelo menor valor unitário, comparando-se com as outras marcas e também pelo fato de já ser utilizada nos Estados de Goiás, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Brasília. A resposta foi enriquecida com a informação do pessoal de Conselheiro Lafaiete , Minas Gerais, que usa dois sistemas diferentes, ou seja, o Bricon e a Tauris. Também foi esclarecida a parte referente aos chips que ainda não é universal, ou seja, em alguns equipamentos somente o específico da marca pode ser usado e em outros equipamentos há a possibilidade de leitura independemente da marca do chip, como é o caso do modelo Bricon. Foi divulgado também o convite recebido pela FCB para que columbófilos brasileiros participem das olimpíadas da Alemanha, com a sugestão que os melhores pombos classificados no Brasil fossem escolhidos para tal, arcando no primeiro momento cada columbófilo com as despesas pertinentes de inscrição, transporte, etc., esperando no futuro que a FCB possa arcar com tal empreendimento. Nada mais foi dito sobre receitas e despesas e deu-se por aprovado a prestação de contas. ANÁLISE E DECISÃO SOBRE REPRESENTATIVIDADE DO ESTADO DE GOIÁS. Recorrendo da própria decisão da diretoria em favor da Liga Goiana de Columbofilia, para a Assembléia Geral, o presidente da FCB, solicitou que fosse lido relatório pormenorizado de todos os documentos apresentados pelas partes envolvidas, ou seja, 1015 documentos, apresentados pela Federação Columbófila do Estado de Goiás, pela Liga Goiana de Columbofilia e pela Associação Goiana dos Criadores de Pombos de Corrida. De modo democrático foi também franqueada a palavra para os representantes das entidades envolvidas, expressando-se o Sr. Darione Gomes Rabelo pela Associação Goiana dos Criadores de Pombos de Corrida, o Dr. João Neder pela Liga Goiana de Columbofilia, não apresentando-se o representante da Federação Columbófila do Estado de Goiás. Também por solicitação do Sr. Presidente da FCB, o Sr. Felix Buonafini falou da importância de ter uma Federação Estadual organizada em cada Estado, citando a Federação Paulista de Columbofilia com objetivos de crescer, difundir e unir a columbofilia brasileira. Houve varias manifestações sobre a manutenção ou não das Federações Estaduais, bem como, também quanto à distribuição direta ou indireta das anilhas, inclusive quanto ao tabelamento do preço a nível nacional para o columbófilo. O representante do Estado de São Paulo Sr. Ayrton Paulo Loureiro Junior, manifestou-se no sentido de que a decisão à ser proferida deveria ser expressada, tão somente, pela diretoria da FCB, evitando-se que a assembléia geral se manifestasse. Encerrado o debate democrático passou-se a decisão propriamente dita. O primeiro quisito votado foi no sentido de determinar qual o representante legal do Estado de Goiás. Em votação nominal, votaram a favor da Liga Goiana de Columbofia os representantes dos Estados de São Paulo, Sr. Ayrton Paulo Loureiro Junior, de Sergipe, Coronel Adeilson Barros Meira, da Bahia, Sr. Amilton Sales Souza, do Espírito Santo, Dr. Walace Magalhães, do Rio Grande do Sul, Dr. Figueiredo, do Rio de Janeiro, Dr. Ruy Marcos Barbosa, do Paraná, Sr. Wellington Flávio Silva Oliveira, do Ceará, Sr. Hugo e do Distrito Federal, Sr. Jackson Artaxerxes Matos, havendo abstenção por parte dos representantes dos Estados de Minas Gerais, Sr. Jorge Gomes e de Goiás, Dr. João Neder. O segundo quisito votado foi quanto a manutenção ou não da competência das federações estaduais na distribuição das anilhas. Em votação nominal, votaram a favor da manutenção da distribuição das anilhas via federações estaduais os representantes dos Estados de Minas Gerais, Sr. Jorge, São Paulo, Sr. Ayrton, Bahia, Sr. Sales, Espírito Santo, Sr. Wallace, Rio de Janeiro, Dr. Ruy, Paraná, Sr, Wellington e a favor da distribuição direta aos clubes os representantes dos Estados de Sergipe, Coronel Meira, Goiás, Dr. Neder, Rio Grande do Sul, Dr. Figueiredo, Ceará, Sr. Hugo e Distrito Federal, Sr. Jackson. Face às votações suso-apontadas ficou decidido, por maioria, que a Liga Goiana de Columbofilia é a representante estadual do Estado de Goiás e que as anilhas serão distribuídas diretamente para as federações legalmente homologadas pela Federação Brasileira de Columbofilia, e onde inexistir a federação estadual diretamente ao representante eleito pelos clubes locais ou se ainda não houver tal eleição ou escolha as anilhas serão distribuídas para um representante indicado pelo presidente da FCB. ANÁLISE E DECISÃO SOBRE REPRESENTATIDADE DO ESTADO DA BAHIA Recorrendo da própria decisão da diretoria da FCB que cassou a representatividade da Federação Baiana de Pombos Correios e indicou o Sr. Sales como representante estadual, o presidente da FCB solicitou que fosse lido relatório pormenorizado de todos os documentos apresentados pelas partes envolvidas, ou seja, 167 documentos, apresentados pela Associação Columbófila de Salvador, Federação Baiana de Pombos Correios, Sociedade Columbófila Baiana, Associação Columbófila Cidade Baixa, Associação Columbófila Cidade Alta, Associação Columbófila Itanhém, Associação de Vitória da Conquista e Clube Columbófila da Bahia. De modo democrático foi também franqueada a palavra para os representantes das entidades envolvidas, expressando-se o Sr. Amilton Sales, como representante atual do Estado da Bahia, e como representante da Associação Columbófila Cidade Alta, Sr. Roberto Paulo e Sr. Luiz Carlos Machado Lessa, como representantes da Associação Columbófila de Salvador e Sr. Carlos Augusto Pinheiro Chagas como representante da Associação Columbófila de Itanhém, não apresentando-se representantes das demais associações envolvidas. Foi esclarecido pelo presidente da FCB que o representante do Estado da Bahia, como dos demais Estados, deverá ter o controle das anilhas, fato que não impede que a FCB possa enviar diretamente a qualquer clube devidamente registrado que solicitar enquanto não houver uma federação devidamente registrada e homologada pela FCB para o respectivo Estado. Houve várias manifestações referentes ao controle e distribuição das anilhas. Encerrado o debate democrático passou-se a decisão propriamente dita. Foi colocada em votação a cassação da representatividade da Federação Baiana de Pombos Correios e a indicação do Sr. Sales para representante do Estado da Bahia enquanto permanecer a Federação Baiana de Pombos Correios com sua documentação incompleta. Em votação nominal votaram a favor da cassação da Federação Baiana de Pombos Correios e da indicação do Sr. Sales como representante do Estado da Bahia os representantes dos Estados de Sergipe, Coronel Meira, da Bahia, Sr. Sales, de Goiás, Dr. João Neder, do Espírito Santo, Dr. Wallace, do Rio de Janeiro, Dr. Ruy, do Paraná, Sr. Wellington, do Ceará, Sr. Hugo, abstendo-se os representantes dos Estados de Minas Gerais, Sr. Jorge, de São Paulo, Sr. Ayrton e do Distrito Federal, Sr. Jackson, sendo contra a decisão preliminar da FCB o representante do Rio Grande do Sul, Dr. Figueiredo. Face a votação em referência, fica mantido a decisão da diretoria da FCB, no sentido de cassação da representatividade da Federação Baiana de Pombos Correios e mantida a indicação do Sr. Sales para representante do Estado da Bahia. ANÁLISE E DECISÃO SOBRE AQUISIÇÃO DE ANILHAS NÃO HOMOLOGADAS PELA FCB POR PARTE DA FEDERAÇÃO MINEIRA DE COLUMBOFILIA Inicialmente foi relatada pelo presidente da FCB a existência do estatuto elaborado pela gestão anterior do Dr. Rolf, que prevê há mais de 10 anos, que as anilhas devem ser adquiridas obrigatoriamente junto a Federação Columbófila Brasileira e por ela reconhecidas, acompanhadas de seus respectivos comprovantes de propriedade. Salientou que gostaria que a Federação Mineira de Columbofilia cumprisse o estatuto vigente e usasse as anilhas oficiais para todos os efeitos, em detrimento de quaisquer outras, não podendo a atual diretoria ignorar o estatuto unilateralmente e solicitou a opinião dos representantes estaduais. Muitos representantes estaduais e columbófilos em geral usaram da palavra expressando-se sobre a história da columbofilia, sua organização, preço das anilhas e acima de tudo, sobre a possibilidade de maior união da columbofilia brasileira em momento tão delicado, sendo citado que o decidido democraticamente pela assembléia geral tem que ser acatado e respeitado, obrigando vencedores e vencidos, e nunca ser visto sob o prisma de que as decisões só servem quando se serve a si próprio, devendo sempre o interesse geral da columbofilia, prevalecer sobre o interesse individual ou particular. O Sr. Jorge, presidente da Federação Mineira de Columbofilia, expressou-se concordando com o preço das anilhas em R$ 0,80 (oitenta centavos) para o ano de 2009 e pediu que fossem homologadas as anilhas de 2008 importadas diretamente pela FMC citando que 52000 anilhas já estavam distribuídas em poder dos columbófilos em todo o Estado de Minas Gerais. Depois de muitas ponderações, envolvendo quase todos os presentes, permito-me, como secretário geral, transcrever, “ipsi literi”, as palavras proferidas pelo Dr. Otavio Ribeiro Junior, na sua segunda intervenção, falando com o coração e emoção, que levou a todos os presentes a repensarem suas opiniões. “ .....eu liguei pessoalmente para o Rolf, xinguei o Rolf, por ele estar por trás também pela importação desordenada de anilhas pela Federação Mineira, eu conversei com o Walderly, achei ruim com ele, e conversei com todos eles e só não consegui falar com o Jorge porque o Jorge não atende telefone, entendeu, passei .... a Rolf, porque eu estou por fora e estou vendo, tou vendo, tou vendo o erro que foi cometido, agora nos temos que entrar num acordo, e eu não posso sair daqui chorando com a columbofilia brasileira que eu ajudei a fundar....” A solução final, foi sugerida pelo Dr. João Neder para que a FMC adquirisse as 60.000 (sessenta mil) anilhas que estavam estocadas na FCB, solução que foi acatada pelo Sr. Jorge apenas ponderando que adquiriria as 60.000 anilhas descontando-se as já enviadas diretamente pela FCB, comprometendo-se em assumir o respectivo pagamento, deixando um cheque caução no valor pertinente. O Sr. Felix Buonafini, diretor especial da FCB, citou que sem união não se vai a lugar nenhum, informando que não era contra o Dr. Jorge, mas sim contra a decisão precipitada, errada, que causou um problema envolvendo toda a coletividade, sugerindo maior ponderação nas decisões como presidente da FMC, principalmente por representar a maior columbofilia do Brasil, mas com mesmo direito de voto das demais federações, precisando respeitar as decisões da assembléia, principalmente porque a FCB foi organizada e criada por Minas Gerais com o auxílio das demais federações. Após explicações do presidente da FCB que dessa forma, ou seja, com o respectivo pagamento, a FCB não teria prejuízo, principalmente para honrar os projetos aprovados em assembléia, colocou em votação se a assembléia concordaria em homologar as anilhas adquiridas diretamente pela FMC, assumindo a FMC o pagamento das 60.000 anilhas da FCB que estavam reservadas para a FMC, descontando-se as já enviadas diretamente pela FCB ao Estado de Mimas Gerais, inclusive com emissão de cheque caução por parte da FMC visando o respectivo pagamento. Aberta a votação nominal, a decisão foi unânime no sentido da aprovação integral conforme acima, votando os representantes dos Estados de Sergipe, Coronel Adeilson Barros Meira, da Bahia, Sr. Amilton Sales, de Goiás, Dr. João Neder, do Espírito Santo, Dr. Wallace Magalhães, do Rio de Janeiro, Dr. Ruy Marcos Barbosa, do Paraná, Sr. Wellington Flávio Silva Oliveira, do Ceará, Sr. Hugo, de São Paulo, Sr. Ayrton Paulo Loureiro Junior, do Distrito Federal, Sr. Jackson , do Rio Grande do Sul, Dr. Figueiredo. ANILHAS EM GERAL, COLUMBOFILIA E PREOCUPAÇÃO SANITÁRIA Foi mencionado pelo presidente da FCB a preocupação no sentido de cadastrar cada anilha individualmente no sentido de demonstrar e responder as autoridades sanitárias a propriedade de cada pombo-correio; cadastro que deve ser inserido no site da FCB, acrescentando a disponibilidade do programa gratuito para apuração das corridas. Mencionou também a importância de cada representante Estadual mencionar o número de anilhas que pretente adquirir para 2009, no sentido de se comprar um número mais real possível, evitando-se sobra ou falta. Foi submetido à votação da assembléia geral pelo presidente da FCB propostas referente a venda de anilhas velhas, sendo apresentado três propostas a saber, ou seja, 100% , 70% e 50% do preço final da anilha do ano. Aberta a votação nominal, a decisão vencedora foi de 50% (cinqüênta por cento) do preço real, votando-se no valor em 50% os representantes dos Estados de Minas Gerais, Dr. Jorge, do Estado de Goiás, Dr. Neder, do Estado do Paraná, Sr Wellington, do Distrito Federal, Sr. Jackson, do Rio Grande do Sul, Dr. Figueiredo e a favor de 100% os representantes dos Estados do Espiro Santo, Dr. Wallace, do Rio de Janeiro, Dr. Rui, da Bahia, Sr. Sales, do Ceará Sr. Hugo, abstendo-se o representante do Estado de São Paulo, Sr. Ayrton. Sob a informação do Sr. Presidente, de que estava havendo concorrência na venda de anilhas, entre clubes da mesma cidade, e depois de informes de muitos dos presentes frisando tratar-se o Brasil de um país continental com realidades diferentes, foi aberta votação se deveria ou não serem realizados estudos no sentido de tabelamento das anilhas para o columbófilo. A proposta de realizar os estudos foi vencedora votando-se nominalmente a favor os representantes dos Estados do Rio de Janeiro, Dr. Ruy, do Espírito Santo, Dr. Wallace, da Bahia, Sr. Sales, de Goiás, Dr. Neder, do Distrito Federal, Sr. Jackson, do Rio Grande do Sul, Dr. Figueiredo e de Sergipe, Coronel Meira, votando contra o Estado do Paraná, Sr. Wellinton e de Minas Gerais, Dr. Jorge, abstendo-se de votar o representante do Ceará, Sr. Hugo e de São Paulo, Sr. Airton. CAMPEONATO NACIONAL DO POMBO ÁS Foi explicado pelo presidente da FCB que o programa estava a disposição de todos, que poderiam apurar com o regulamento nacional participando das premiações nas modalidades de velocidade, meio fundo, e grande fundo e dependendo da peculiaridade local, o programa poderia também ser usado com modificações pertinentes. Esclareceu que os prêmios, a princípio seriam 4 entradas eletrônicas, 4 televisores e quatro vídeos cassetes. Foi sugerida a premiação em chips e houve manifestação de que nem todas as entradas eletrônicas reconheciam todos os chips e também que a premiação deveria estar dentro do orçamento da FCB, fato que seria verificado no sentido de não haver compromisso sem cumprimento. COLUMBÓDROMOS FUTURO Ficou ratificado a assembléia geral e columbódromo oficial à ser realizado em 2009 na cidade de Conselheiro Lafaiete e manifestado de interesse da cidade de Campos para 2010, Conquista para 2011, Sete Lagoas para 2012 e Fortaleza para 2013. Atendendo a solicitação e justificativas do Dr. Jorge, foi marcado a assembléia geral e columbódromo oficial para outubro de 2009, acrescentando o Dr, Jorge pedido de desculpas, pela compra de anilhas diretamente, informando que não foi no sentido de agredir, ofender ou atrapalhar nada e sim fruto de uma ata que foi discutida anteriormente e agradeceu a compreensão e o apreço. ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA PARA O TRIÊNIO 2009/2011 Expressou-se o Sr. Presidente da FCB que a atual diretoria é candidata a reeleição com algumas modificações, conforme abaixo relatado: Presidente: Márcio MattosBorges de Oliveira Vice-presidente: Wagner Maron Secretário Geral: Walter Achilles Rezende Tesoureiro: Rômulo Rezende Caldeira Diretor Especial: Felix Ângelo Buonafine Não havendo outra chapa, procedeu-se a eleição nominal, sendo constatado votação unânime a favor da única chapa, votando-se os representantes dos Estados do Rio de Janeiro, Dr. Ruy Marcos Barbosa, do Espírito Santo, Dr. Wallace Magalhães, da Bahia, Sr. Amilton Sales, de Goiás, Dr. João Neder, do Distrito Federal, Sr. Jackson Artaxerxes, do Rio Grande do Sul, Dr. Figueiredo e de Sergipe, Coronel Adeilson Barros Meira, do Paraná, Sr. Wellington Flávio Silva Oliveira, de Minas Gerais, Dr. Jorge Gomes, do Ceará, Sr. Hugo e de São Paulo, Sr. Airton Paulo Loureiro Junior. ASSUNTOS GERAIS DA COLUMBOFILIA Usando da palavra o Sr. Salvador informou a todos sobre o Boletim da Federação Columbófila Brasileira que estava sendo distribuído a todos sem nenhum custo para os columbófilos, pedindo a todos colaboração no sentido de conseguir patrocínio, informando que a princípio seria bimestral e dependendo de patrocínio poderia ser mensal. O trabalho do Sr. Salvador Serafin foi elogiado por todos, e por ele dividido os elogios com os colegas que ajudaram a confeccionar a primeira edição do boletim. O Coronel Meira parabenizou a atual diretoria pela democracia e trabalho realizado, lembrando a todos a realização do II Grande Prêmio Brasil a realizar-se em Aracajú. O Dr. Neder também elogiou a atual diretoria e com a permissão de todos gostaria de registrar a satisfação particular, desse secretário, que sentiu-se emocionado. Fica registrado o agradecimento da diretoria da FCB aos colegas de Anápolis pela maravilhosa organização, recepção e columbódromo realizado em local central da cidade, difundindo a columbofilia brasileira de maneira pujante. Em festa comemorativa foram entregues os prêmios sendo homenageados todos que de certa forma contribuíram para o sucesso do grande evento. Eu, Walter Achilles Rezende, Secretário Geral, lavrei a presente ata que, após lida, deverá ser aprovada na próxima assembléia geral. Anápolis, 19 de abril de 2008. ___________________________ _____________________________ PRESIDENTE DA F.C.B. SECRETÁRIO GERAL DA F.C.B. MÁRCIO MATTOS BORGES DE OLIVEIRA WALTER ACHILLES REZENDE
Federação Columbófila Brasileira 
 © 2017 - Todos os direitos reservados